Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

ENEM - Alianças Militares durante a guerra fria


Alianças Militares

EUA- OTAN
URSS- PACTO DE VARSÓVIA

Em 1949, formou-se uma aliança militar com as forças da Europa Ocidental, sob a liderança estadunidense, que ficou conhecida como Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).
Os governos socialistas da Europa Oriental resolveram formar resposta à ameaça que representava a OTAN.Tal aliança ficou conhecida como Pacto de Varsóvia.






Símbolo da OTAN






Com o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, teve início a chamada Guerra Fria, conflito ideológico entre Estados Unidos da América (EUA – capitalista) e União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS – socialista). Cada superpotência visava proteger seus regimes político-ideológicos e expandir a área de influência. Sendo assim, alguns tratados e alianças internacionais foram estabelecidos por esses países, como, por exemplo, a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

Criada em 1949, durante a Guerra Fria, a OTAN era uma aliança militar formada apenas por países ocidentais e capitalistas, tendo os Estados Unidos como principal líder. Essa organização tinha como principal objetivo inibir o avanço do bloco socialista no continente europeu, fornecendo apoio militar para as nações integrantes da OTAN. Em contrapartida, os países socialistas, em 1955, criaram o Pacto de Varsóvia, cujo objetivo era o mesmo da OTAN, no entanto, era composto por países socialistas.

Contudo, a dissolução da União Soviética provocou o fim do Pacto de Varsóvia em 1991, fato que fortaleceu ainda mais a OTAN, que expandiu sua zona de influência e passou a atrair países do Leste Europeu, tais como a República Tcheca, Hungria, Polônia, Bulgária, Romênia, Eslováquia, entre outros. A Rússia, por sua vez, assinou um acordo de cooperação com a organização, em 1997.

Em 2002, a Rússia, que antes liderava o bloco socialista, passou a participar das reuniões dessa organização militar através da OTAN-Rússia, onde o país tem poder de decisão nas ações direcionadas ao combate ao terrorismo e à proliferação de armas nucleares. Entretanto, sua participação é extremamente limitada se comparada aos principais membros (EUA, Canadá, Reino Unido, Bélgica, Dinamarca, etc.).

Uma das principais intervenções da OTAN foi a operação militar na antiga Iugoslávia, em 1999. Nessa ocasião, tropas foram enviadas para coibir a tentativa de limpeza étnica comandada pelo então presidente iugoslavo Slobodan Milosevic contra os albaneses em Kosovo. Porém, essa ação provocou a morte de aproximadamente 1,2 mil civis, além de ter sido realizada sem a aprovação do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas, sendo considerado um desrespeito às normas internacionais.

Atualmente, a OTAN é formada pelos seguintes países:

Países Ocidentais: Estados Unidos da América (EUA), Canadá, Bélgica, Dinamarca, França, Holanda, Islândia, Itália, Luxemburgo, Noruega, Portugal, Reino Unido, Grécia Alemanha e Espanha.

Países do Leste Europeu: Polônia, República Tcheca, Hungria, Bulgária, Estônia, Letônia, Lituânia, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Croácia, Albânia e Turquia, além da Macedônia, que é um país aspirante.

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola







Pacto de Varsóvia




O Pacto de Varsóvia uniu em aliança militar os países do bloco socialista no pós-Segunda Guerra Mundial.



A Segunda Guerra Mundial foi vencida pelos Estados Unidos e pela União Soviética, entretanto os dois países tinham posições contrárias com o fim do conflito com a Alemanha Nazista. Os Estados Unidos eram defensores da ideologia capitalista, a qual espalhava ideologicamente pelo mundo. Já a União Soviética era adepta desde a Revolução Russa em 1917 do socialismo. As duas ideologias entraram em confronto com o fim da guerra, polarizando o mundo entre capitalistas e comunistas. O choque entre as duas potências vencedoras da Segunda Guerra Mundial ocorria apenas em nível ideológico, isso porque ambas possuíam armamento e condições suficientes para destruírem uma a outra. O medo e a precaução de um novo conflito com proporções extremadas criaram um clima de tensão no mundo que impedia um confronto direto, começava assim a Guerra Fria.

Os blocos capitalista e socialista tornaram-se opositores ferrenhos, ambos tentavam cooptar mais países em suas respectivas ideologias. Do lado dos capitalistas, foi criada uma organização que visava reunir os países adeptos da ideologia e se ajudarem mutuamente contra qualquer possível ofensiva dos socialistas. A Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) reunia os países da Europa Ocidental e os Estados Unidos.

OTAN (em azul) e países integrantes do Pacto de Varsóvia (Warsaw Pact)

Em resposta ao grupo capitalista, a União Soviética promoveu então a criação de um grupo dos países socialistas que se comprometiam em auxílios mútuos contra ataques capitalistas, formava-se então uma aliança militar socialista. OPacto de Varsóvia foi firmado no dia 14 de maio de 1955 na cidade de Varsóvia, Polônia, reunindo os países do bloco socialista. Entre estavam a União Soviética, Alemanha Oriental, Bulgária, Hungria, Polônia, Tchecoslováquia e Romênia. Entre os países socialistas do Leste Europeu, a Iugoslávia se recusou a integrar o grupo por ação de seu líder, o Marechal Tito. O comando do bloco formado ficou sob responsabilidade de Ivan Konev.

A atuação do Pacto de Varsóvia se deu no âmbito militar e no econômico, manteve a ligação entre os países membros. Mas as principais ações do Pacto de Varsóvia se deram na repressão das revoltas internas. Foi o caso no ano de 1956 quando as forças militares do grupo reprimiram ações de revoltosos na Hungria e na Polônia e também em 1968 no evento conhecido como Primavera de Praga, ocorrido na Tchecoslováquia.

A partir da década de 1980 as coisas começaram a ruir para a União Soviética e para o socialismo. A Europa passou por mudanças, a União Soviética entrou em crise, o Muro de Berlim foi derrubado e a Guerra Fria chegou ao fim. Em consequência da queda, o Pacto de Varsóvia foi extinto no dia 31 de maço de 1991.

Os países que integravam o bloco socialista se reorganizaram de diferentes maneiras. A Rússia reestruturou sua própria força militar entre os anos de 1992 e 1993, enquanto as outras repúblicas uniram-se em um grupo chamadoComunidade dos Estados Independentes (CEI) que centralizou as forças armadas. A reorganização do exército russo permitiu que o país mantivesse suas tropas nos países que formavam a CEI. Em 1997 a OTAN convidou Polônia,Hungria e República Tcheca para integrar seu grupo. A Europa se deparava então com uma nova organização militar após a Guerra Fria.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pacto_de_Varsóvia
http://juanitasglobalblog.blogspot.com/2007/04/nato-and-warsaw-pact.html
http://www.historiadomundo.com.br/idade-contemporanea/pacto-de-varsovia.htm
http://www.grupoescolar.com/materia/pacto_de_varsovia.html








Posts by Cabo Janildo

Seguem este blog

Apresentação do Blog

https://www.facebook.com/janildodasilva.arante